O PSOL São Paulo apoia a está na luta com a Ocupação da Câmara Municipal. Passe Livre Fica! Privatização Sai!

09/08/2017 Destaques, João Doria, Notas, PSOL, São Paulo

20728259_1433338053428891_6591320717012595127_nO PSOL São Paulo expressa todo seu apoio à Ocupação do plenário da Câmara Municipal realizada nesta quarta-feira (9) pelos movimentos estudantil, secundarista, de moradia, cultura entre outros contra o plano de privatização e o corte do benefício do Passe Livre Estudantil aplicados pelo prefeito-coxinha João Doria nos últimos tempos na cidade de São Paulo.

Repudiamos o autoritarismo com que a gestão Doria vem tratando estes temas, tentando implantá-los sem nenhum diálogo com a população e a sociedade civil organizada. Assim como exige o movimento que resiste dentro do plenário da reacionária Câmara Municipal, queremos que os PLs 364, 367, 404, que tratam sobre o plano de privatização completa da cidade sejam amplamente debatidos com a população. Não aceitaremos calados a venda do patrimônio dos paulistanos para meia-dúzia de empresários amigos do prefeito. Os cortes no direito ao Passe Livre Estudantil, conquistado após muita luta da juventude nas ruas, também merecem nosso total repúdio.

Da mesma forma, repudiamos com ainda mais veemência a violência com que a presidência da Câmara Municipal lidou com a manifestação popular, colocando a Guarda Civil Metropolitana e até mesmo a Tropa de Choque para reprimir os manifestantes. Agressões e bombas de gás foram disparadas contra as pessoas dentro do plenário, fazendo com que muitos passassem mal e fossem impedidos de receber auxílio.

Nossos vereadores na Câmara, Toninho Vespoli e Sâmia Bomfim, estão durante todo o dia trabalhando para impedir arbitrariedades contra os manifestantes. É uma vergonha que a maioria dos vereadores queiram continuar normalmente os trabalhos enquanto as pessoas são reprimidas dentro da casa do povo.

Estamos ao lado dos movimentos e de todos os paulistanos e paulistanas que estão na resistência ao projeto privatista, elitista e higienista de João Doria e de todo o tucanato para a cidade de São Paulo. Tentam reprimir os movimentos utilizando todo o aparato do Estado, mas a luta não para! Resistiremos!

Executiva Municipal do PSOL São Paulo