Mesmo sob chuva, milhares protestam na Paulista exigindo a saída de Temer e eleições diretas

19/05/2017 Destaques, Eduardo Cunha, Fora Temer, PSOL

18486031_1403315139728421_3475734382490177174_nMilhares de pessoas foram à Av. Paulista na noite da última quinta-feira (18) exigir a saída imediata de Michel Temer da presidência da República e a convocação de eleições diretas para que o povo possa finalmente escolher quem quer ver no governo do país. Mesmo com a forte chuva que atingiu a capital paulista durante o ato, muita gente ocupou a principal avenida da cidade atendendo o chamado das Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, além de diversos outros movimentos sociais, para mostrar que este governo é insustentável.

A repercussão das gravações envolvendo Michel Temer apresentadas pelo empresário Joesley Batista, da JBS, na última quarta-feira (17) só aumentou a força da convocação para os atos pelo #ForaTemer por todo o Brasil. A revolta da população com a divulgação de que Temer comprou o silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB) só aumentava, o que fez com que as especulações de que o presidente ilegítimo renunciaria ainda durante a quinta-feira crescessem.

Em pronunciamento veiculado em rede nacional, Michel Temer recusou a renúncia, desafiando as ruas e os movimentos sociais que pedem sua queda. Foi neste clima que aconteceu a manifestação na Av. Paulista durante a noite, que funcionou como um “esquenta” para a grande manifestação convocada também pelas Frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular para domingo, no vão do MASP a partir das 15h. Toda esta mobilização vai culminar na grande #OcupaBrasília, que vai acontecer na próxima quarta-feira (24) na capital nacional, quando milhares de manifestantes vão sair de todos os cantos do Brasil para dar um ultimato a Michel Temer.

Queremos a saída imediata do presidente ilegítimo de seu cargo e a convocação de eleições diretas para que o povo retome o seu protagonismo na política e possa, ao menos, eleger quem quer ver na presidência. Domingo vai ser maior!