Isa Penna será vereadora pelo PSOL por 30 dias no mês das mulheres

23/02/2017 Câmara Municipal, Destaques, Eleições 2016, Toninho Vespoli

isa penna vereadora - marçoUma ação pioneira e histórica do PSOL São Paulo fará com que a bancada do partido na Câmara Municipal seja 100% feminista durante o simbólico mês de março, que marca no calendário a luta das mulheres. O vereador Toninho Vespoli vai tirar uma licença de 30 dias do cargo a partir do dia 8 de Março para que a primeira suplente, Isa Penna, assuma o posto neste período. Assim, a bancada terá duas mulheres, já que a outra integrante é a vereadora eleita Sâmia Bomfim.

Isa Penna foi a terceira candidata a vereadora mais bem votada do PSOL nas eleições do ano passado, com 12.439 votos, e está como primeira suplente da bancada do partido, que conseguiu eleger dois parlamentares. Toninho Vespoli foi reeleito vereador com 16.012 votos, e Sâmia Bomfim foi eleita a mais jovem vereadora da história da Câmara com 12.464 votos.

Desde o começo do ano, Isa Penna também trabalha como advogada do mandato de Toninho Vespoli, prestando consultoria jurídica a mulheres vitimas de violência e também a movimentos sociais que sofrem com violações de Direitos Humanos. Agora em março, ela assumirá o cargo de vereadora enquanto Toninho fica de licença.

Como resultado da campanha feminista encampada por Isa Penna no ano passado, criou-se uma plataforma programática de construção coletiva para mobilizar as mulheres e toda a cidade por mais direitos, que ficou conhecida como “SP pras Minas”. Uma iniciativa inovadora de pensar formas de organização para construir outro modelo de cidade. Esta plataforma já subsidia a atuação dos dois mandatos do PSOL, e Isa Penna terá 30 dias para alavancar ainda mais a pauta das mulheres e de seus direitos na Câmara Municipal.

Toninho Vespoli, por sua vez, relembra que estes 30 dias em que ficará fora da Câmara não serão de descanso. Pelo contrário. “Será mais um momento de militância pelas ruas e bairros da cidade. Uma oportunidade de ouvir ainda mais os munícipes, suas reclamações e sugestões, deixando claro que o mandato do PSOL é um mandato popular e das ruas”, afirmou o vereador no Facebook, quando avisou seus seguidores de que abriria espaço para Isa Penna.

O PSOL avança, cada vez mais coletivo, democrático, feminista!