Fundação Lauro Campos tem novo presidente

29/02/2016 PSOL

Juliano Medeiros, ex-secretário nacional de Comunicação do PSOL, assume a direção da entidade

Além de eleger o novo Diretório Nacional do PSOL, o 5º Congresso Nacional do partido, realizado de 4 a 6 de dezembro último, elegeu também a direção que ficará à frente da Fundação Lauro Campos nos próximos dois anos. O ex-secretário nacional de comunicação do partido na gestão que se encerrou, Juliano Medeiros, assumiu nesta sexta-feira (19) a presidência da entidade, cargo que nos últimos dois anos foi ocupado por Luciana Genro, candidata do PSOL à Presidência da República em 2014.

Com o objetivo de fornecer subsídios para que a militância, de forma crítica e aberta, possa enfrentar os debates que ocorrem na sociedade e assim ampliar o alcance das ideias socialistas, a Fundação Lauro Campos também tem procurado desenvolver atividades nas esferas da teoria e da cultura. É ainda tarefa da entidade estimular a formulação teórica dos quadros partidários, funcionando como uma espécie de usina de ideias, promovendo fóruns amplos para estimular os valores do socialismo e da liberdade. E é reafirmando esse caráter, que Juliano Medeiros assume o compromisso de dirigir a Fundação nos próximos dois anos. “A Fundação Lauro Campos tem enormes desafios pela frente. Num momento em que a esquerda brasileira se renova, criando novos instrumentos de luta e rejeitando antiga fórmulas, uma fundação como a nossa deve estimular a reflexão sobre os rumos do socialismo no século XXI e sobre a necessidade de formulação de uma estratégia condizente com a gigantesca tarefa de pensar uma alternativa de poder dos trabalhadores num país complexo como o Brasil. Em outras palavras, uma Fundação como a nossa deve servir como laboratório para a formulação de uma estratégia da revolução brasileira. Não é pouca coisa.”

Saiba mais sobre quem estará à frente da FLC

O novo presidente da Fundação Lauro Campos é gaúcho, tem 32 anos e foi dirigente da União Nacional dos Estudantes (UNE) por duas gestões (2005-2007 e 2007-2009). É graduado em História pela Universidade de Brasília (UnB), onde também cursou o mestrado no Programa de Pós-Graduação em História. Atualmente é doutorando do Instituto de Ciência Política da UnB (Ipol/UNB). É autor de diversos artigos publicados em sites e revistas no Brasil e no exterior e em 2012 publicou pela editora Multifoco o livro Um mundo a ganhar, coletânea de ensaios sobre política internacional e outros temas. Representou o PSOL em diversas missões no exterior em países como Equador, Grécia, França, Colômbia, Paraguai, Uruguai, Turquia, Portugal e Saara Ocidental. Atualmente dirigia a Secretaria de Comunicação do PSOL e integrava a Executiva Nacional do partido. Desde janeiro de 2015 é Coordenador Político da Liderança do PSOL na Câmara dos Deputados.

Da redação do PSOL Nacional