Greve dos Professores – Nota do PSOL São Paulo

19/03/2015 Destaques, Notas

Greve_ProfessoresO PSOL da cidade de São Paulo apoia os professores do estado em greve por melhores salários e condições de trabalho. Da mesma forma, repudia a intransigência do governo Alckmin, que se recusa a apresentar propostas salariais para o movimento. Zero de aumento não dá, né?

A greve dos professores, reflexo da desastrosa política de educação do governo do estado, tem crescido e dado demonstrações de força. A falta de valorização dos professores, a ilegal discriminação que sofrem os professores da categoria “O”, as salas superlotadas e as escolas sucateadas são a triste realidade que enfrenta o magistério paulista.

A política educacional do governo, cheia de paliativos e manobras, vê na concessão de bônus, no lugar do aumento salarial, a solução para as reivindicações dos professores. Só que o bônus exclui os aposentados, não conta para os benefícios e prejudica a aposentadoria. É, na verdade, uma tentativa de desmotivar o professor em greve, dividir e enfraquecer o movimento.

O PSOL manifesta seu apoio à luta dos educadores, por salários dignos, melhores condições de trabalho e em defesa da escola pública, gratuita e de qualidade para todos.