Carlos Giannazi abre série de encontros com pré-candidatos à Prefeitura na sede do SINDPESP

24/05/2012 Carlos Giannazi, Eleições 2012, São Paulo

Organizar um Comitê de Segurança Pública com a participação de membros das polícias Civil, Militar, da Guarda Civil Metropolitana e integrantes das entidades de classe que representam os policiais. Esse foi um dos temas abordados pelo deputado estadual Carlos Giannazi, pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, pelo PSOL- Partido Socialismo e Liberdade num encontro com os Delegados de Polícia de São Paulo.

A reunião aconteceu no dia 18 de Maio, na sede do SINDPESP – Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, oportunidade em que Giannazi apresentou as principais propostas de sua pré-candidatura. Ele foi o primeiro pré-candidato à Prefeitura de São Paulo a aceitar convite do SINDPESP para debater suas ideias para cidade. Combater a corrupção em todos os níveis, investir na Saúde, Educação e na Mobilidade Urbana são algumas de suas prioridades. Submeter a uma eleição direta a escolha dos subprefeitos, extinguir o Tribunal de Contas do Município e não cobrar dos proprietários de veículos a Inspeção Veicular são atitudes que pretende adotar, caso venha a se tornar prefeito da cidade.

Atacar as máfias instaladas na administração municipal, como a dos fiscais, funerária, merenda escolar, especulação imobiliária, entre outras, ajudariam, segundo o candidato do PSOL a prefeitura de São Paulo, a estancar a sangria de dinheiro do município e realizar uma administração mais eficiente. “Com o atual orçamento é possível dobrar o salários dos professores da rede municipal de ensino. Poderemos utilizar as 1.500 escolas nos finais de semana para atividades esportivas e culturais, que muito ajudariam a tirar o jovem das ruas”, ressaltou. O pré-candidato a Prefeitura de São Paulo, deputado estadual Carlos Giannazi, foi recebido por uma Comissão formada pelo presidente,  George Melão, por diretores e membros do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo.